Voltar a Casa de David Guttenfelder

Exposição Galeria Manifesto

Da Coreia do Norte para os Estados Unidos

David Guttenfelder, fellow da National Geographic, tornou-se o primeiro fotojornalista ocidental a ter acesso regular à Coreia do Norte. Nos anos que se seguiram, explorou esse isolado país através de reportagens, mas também, com o uso do seu telemóvel, conseguiu adicionar um registo visual do dia-a-dia naquele lugar.

Entre 23 Janeiro e 31 Março trazemos à nossa Galeria Manifesto, no Mercado de Matosinhos, uma exposição com imagens inéditas do quotidiano na Coreia do Norte, assim como o registo visual da sua jornada de regresso a casa, depois de duas décadas longe dos Estados Unidos. 

Ao longo desses anos, Guttenfelder raramente dialogou frente a frente com o seu público – a publicação e ligação com as suas fotografias foram sempre mediadas pelos meios tradicionais de comunicação.

Isto mudou com a adesão ao Instagram em 2012. Intrigava-o o potencial das aplicações na redefinição da maneira como a fotografia era criada, partilhada e experienciada; além disto, frustava-o ver os fotojornalistas postos de lado no que ele imaginava ser uma revolução visual – uma revolução que levasse à democratização da fotografia. Guttenfelder abraçou o desafio.

Pela primeira vez na sua carreira via-se agora a interagir directamente com uma comunidade que, para além de o seguir para o terreno, mostrava-se comprometida com a sua maneira de ver o mundo.

Mais do que tudo, o Instagram tornou-se uma forma de Guttenfelder partilhar imagens que de outro modo nunca seriam vistas; imagens, aparentemente fora do domínio noticioso, trazidas das suas viagens e experiências com diferentes civilizações e culturas.

Abraçou, pois, a natureza vernacular da plataforma, partilhando fotografias da vida quotidiana e de objectos com que se cruzava na Coreia do Norte. No conjunto, as imagens surgiam como as peças de um puzzle – agrupadas no seu “feed” do Instagram - providenciavam um registo visual da sociedade da Coreia do Norte, sem dúvida, uma visão do outro lado do muro da nação isolada.

"After 20 years living away from my native USA, I've returned home. I photograph what I find in America with my iPhone."

Depois de vinte anos fora do seu país, David Guttenfelder voltou aos Estados Unidos enquanto membro da National Geographic. Agora, como um estranho na sua terra, emprega a mesma abordagem fotográfica que usou na Coreia do Norte mas, desta vez, para descobrir o seu próprio país. E o seu crescente público no Instagram tem-no seguido, explorando assim tanto o familiar como o extraordinário à medida que Guttenfelder captura a essência da “American life” e da sua cultura em centenas de imagens.

A exposição que trazemos à Galeria Manifesto coloca lado a lado imagens dos dois extremos, Coreia e Estados Unidos, unidas pela visão do David.

Criada pela Nomad, a Galeria Manifesto é dedicada à fotografia documental e está inserida no Mercado de Matosinhos.

Abre as portas diáriamente, de terça a sábado entre as 10h - 13h e 14h - 19h. 

Esta exposição é produzida pelo Visa Pour L'Image e exibida na Galeria Manifesto numa parceria com o Prémio de Fotojornalismo Estação Imagem.

David Guttenfelder

Vencedor 8x World Press Photo Award e 7x finalista do Pulitzer Prize. TIME Magazine "100 Most Influential Photographs Ever Taken"
saber mais >

Prémio Estação Imagem

A única entidade em Portugal a organizar anualmente um prémio internacional de fotojornalismo, cujo objectivo é promover a reportagem fotográfica.
saber mais >

Visa Pour L'Image

É o mais prestigiado festival de fotojornalismo que ocorre anualmente em Perpignan, França.
saber mais >