Bolsa de Exploração Nomad

um fundo anual de 10.000€ que apoia narrativas que nos inspirem a proteger e explorar o nosso planeta

ILUMINA O MUNDO

Viajar muda perspectivas. Acreditamos que cada jornada é um apelo à reflexão, mas também uma oportunidade para criar rastilhos de ação. Queremos valorizar quem usa o poder da narrativa para transmitir uma mensagem capaz de provocar um impacto positivo. Procuramos projetos que elevam a informação que temos sobre o mundo e que promovem o conhecimento através de novas narrativas. 

A viagem tem muito para nos ensinar. Se és um jornalista, fotógrafo, criativo ou storyteller e se encaras cada aventura como um desafio para contribuires para um futuro melhor, queremos apoiar a tua vontade de ir mais longe. Valorizamos projetos multi-disciplinares que possam ser apresentados em diferentes suportes e apresentados em galerias, palestras, cinemas e livros.

Provoca Mudança

O nosso principal objetivo é fazer com que as histórias que importam sejam contadas e ouvidas.

O Que Financiamos

Os projetos submetidos para a Bolsa de Exploração Nomad devem abordar a narrativa sob a lente da viagem e daquilo que ela nos pode ensinar. Contrariando o consumo de informação em quantidade, damos predominância a projetos longos que sejam desenvolvidos sob uma forte base de investigação e verificação dos factos.

Procuramos ideias com potencial transformador que possam ser integradas nos seguintes temas:

Conservação Ambiental
As nossas ações e escolhas têm, inevitavelmente, um impacto na saúde do nosso planeta. Promovendo uma maior sensibilização ambiental, apostamos em reportagens que elevam a discussão em torno da proteção da natureza, dos efeitos das alterações climáticas em diferentes comunidades e da valorização da vida selvagem. Os projetos executados no âmbito da conservação ambiental devem usar a viagem como uma ferramenta de alerta capaz de inspirar a mudança. 

Conhecimento Geográfico
Fronteiras são mais do que linhas invisíveis e um território mais do que apenas o solo que pisamos. As candidaturas apresentadas sob o tema do conhecimento geográfico devem iluminar lugares que estejam sujeitos a grandes transformações culturais. Procuramos projetos disruptivos que narrem as peculiaridades de um povo, cultura ou lugar, marcado pela história do passado ou pelos desafios do futuro. 

Auxílio Humano
Viajar é um exercício de empatia. Queremos apoiar histórias que exponham injustiças sociais e alertem para os direitos humanos. Sempre com a viagem como linha orientadora, subscrevemos narrativas que possam ser usadas como rastilho de mudança. Acreditamos que uma mensagem forte em prol da humanidade pode ser catalisadora de transformações estruturais em pequenas comunidades.

Conhece os Projetos

Nos últimos dez anos, já atribuímos mais de 100.000€ em bolsas. O resultado é uma seleção de projetos que se concretizam em documentários, exposições, vídeos em realidade virtual, conferências inspiradoras e livros galardoados.

saber mais

Exploradores Residentes

Ao abrigo da Bolsa de Exploração a Nomad lançou um programa que reconhece o esforço continuo de jornalistas, viajantes e exploradores que usam o poder da narrativa para causar um impacto positivo no mundo. 

O programa “Explorador Residente” apoia um restrito grupo de pessoas de reconhecido mérito e alinhamento com os valores da Bolsa de Exploração da Nomad, que trabalha não só em longos projectos, mas também no quotidiano para criar mensagens com significado e impacto.

Conhece os Exploradores

brevemente >

Laboratório Editorial

A Bolsa de Exploração Nomad está sedidada no Manifesto, o nosso laboratório editorial que produz e acompanha os projectos. É neste espaço que diáriamente desenvolvemos ideias, novas ferramentas e plataformas que pretendem elevar a narrativa de viagem.

Dedicamo-nos essêncialmente a projetos que nos permitem experimentar novas abordagens, questionar o partilhamos enquanto viajantes e como podemos criar histórias catalisadoras de mudança. Trabalhamos com uma rede de colaboradores especializados em narrativa, fazendo a ponte entre o jornalismo e a viagem, cruzando meios digitais, impressos e presenciais. Ao entrar na Bolsa de Exploração ganhas acesso aos recursos do Manifesto e às suas plataformas.

Perguntas Frequentes

Quem pode submeter uma candidatura?
Todos os cidadãos portugueses maiores de idade.

Posso candidatar-me à totalidade da bolsa?
Não. Cada projeto tem um limite máximo de 5.000€

Quais são as fases de submissão?
Subsmissão de candidaturas: 1 a 30 Abril 2020
Notificação via e-mail dos projetos aprovados: 1 a 31 Outubro 2020

Se a minha candidatura for rejeitada, saberei porquê?
Infelizmente, devido à enorme quantidade de candidaturas que recebemos, não temos capacidade para fornecer esta informação.

Poderei fazer alterações à minha candidatura após a submissão?
Não.

Quais os critérios de avaliação?
Um painel de jurados irá avaliar as candidaturas tendo em consideração o montante pedido + resultado do projeto + pertinência do mesmo.

Um conjunto de pessoas pode-se candidatar à bolsa?
Sim. Mas o projeto deverá ser submetido por um responsável que representa a equipa.

Os projetos podem ser implementados em Portugal?
Sim.

Caso o meu projeto não tenha sido selecionado para financiamento, posso voltar a concorrer no ano seguinte?
Sim

Posso concorrer no mesmo ano com mais que um projeto?
Não.

Que despesas podem ser cobertas pela Bolsa?
A Bolsa está orientada para financiar despesas relacionadas com viagens e trabalho de terreno.
Compra de equipamento, orçamento para divulgação e outras necessidades terão de ser bem justificadas.

Como saberei que o meu projecto foi aprovado?
A informação será enviada via e-mail.

Faz parte de uma comunidade de exploradores

Acompanha os projetos em @bolsa.exploracao.nomad