Rita Andrade

Amante de descobertas sem mapa

A curiosidade de ver o mundo sempre esteve presente, mas foi quando a Rita fez o caminho francês de Santiago de Compostela, a pé e de mochila às costas, que percebeu a quantidade de aventuras que há para serem vividas além fronteiras. Em 2011, partiu sozinha à descoberta da América do Sul durante três meses. Desde então a sede de aventura só tem aumentado.

A vida da Rita gira em volta da criatividade inspirada pelas viagens. É apaixonada pelos lugares sem mapa e pela eternidade das memórias conquistadas. 

Quando não está a viajar, a Rita já está a pensar no seu próximo destino.

Viagens com
Rita Andrade