Filipa Chatillon

Busca a literacia conseguida pelo folhear das páginas do mundo

A Filipa viaja para conhecer, partilhar e ajudar. Em 2010, o que começou por ser uma experiência de voluntariado internacional que duraria apenas três meses transformou-se numa estadia de nove. Ficou em casa de uma família Argentina, e após o primeiro mês apercebeu-se que não queria deixar essa partilha de vivências tão rápido, que a apaixonava esse intercâmbio de cultura, de história e histórias.

Depois, lançou-se pela Bolívia, Peru e Brasil. Percebeu então que, tanto como viajar, queria transmitir esse conhecimento de forma a inspirar os outros. A escrita, que tinha sido sempre apenas um hobby, foi adquirindo um papel cada vez mais importante. Desde então tem corrido o mundo, sempre com um foco na sustentabilidade ambiental e na procura de histórias que inspirem à mudança para uma vida mais ligada à natureza e às relações humanas.

Esteve em São Tomé, num projecto de voluntariado da ONG “Mundo a Sorrir”, explorou o Sri Lanka, saltitou entre ilhas na Croácia, fez o troço final do Caminho de Santigo, perdeu noção do tempo nas livrarias de São Francisco, conduziu um Hindustan Ambassador pelo sul da Indía e aproveita todos os amigos que tem espalhados pela Europa para conhecer as cidades pelos olhos de quem lá vive. 

A Filipa juntou-se à equipa de líderes da Nomad em 2015. 

Viagens com
Filipa Chatillon