Detalhes da Viagem

Siga-nos > Facebook Instagram
Descoberta Cultural

Expresso do Oriente
com Mateus Brandão

Áustria, Hungria, Sérvia, Bulgária, Turquia

Embarque na mítica rota do Expresso do Oriente e percorra de comboio cinco países do coração da velha Europa, com partida em Viena e final em Istambul. Durante dez dias desafiamo-lo a conhecer estas emblemáticas cidades como nós o fazemos, à procura da vida das principais praças, a dormir nas pensões bem localizadas, a parar nos míticos cafés dos livros e a explorar os pequenos e improváveis recantos. Entramos nos monumentos mais marcantes mas acima de tudo, vivemos a cidade! Acompanhe-nos numa aventura inesquecível que o levará a sentir-se na pele de Hercule Poirot enquanto desvendava "Um Crime no Expresso do Oriente".

Percurso: 

Dia 1 Chegada a Viena
Dia 2 Viena e Comboio para Budapeste
Dia 3 Budapeste e Comboio Noturno para Belgrado
Dia 4 Belgrado
Dia 5 Belgrado e Comboio Noturno para Sófia
Dia 6 Sófia
Dia 7 Sófia, Mosteiro de Rila e Viagem Noturna para Istambul
Dia 8 Istambul
Dia 9 Istambul
Dia 10 Istambul e Voo de Regresso

Destaques: 

- Chegue a Istambul, as "portas" do Oriente
- Percorra cinco emblemáticas cidades da velha Europa
- Esqueça o Euro e volte a cambiar moeda durante esta viagem
- Viva as tradições e sinta os contrastes dia-a-dia

Perguntas frequentes: 

Como posso obter o visto para a Turquia?
Para entrar na Turquia deverá pedir, antecipadamente, um visto eletrónico. A Nomad recomenda a Visateam (http://www.visateam.pt) para o apoio ao pedido do visto de que necessita para esta viagem. A Visateam é parceira Nomad desde a sua fundação tendo dado provas de profissionalismo e confiança. Os seus especialistas conhecem bem as nossas viagens e estão completamente aptos para ajudá-lo em todo o processo de pedido de visto, quer por telefone/mail, quer presencialmente, nas suas instalações de Lisboa e Porto.

Como são os alojamentos?
Com a Nomad, a escolha dos alojamentos é encarada de forma muito criteriosa, para que a nossa seleção tenha o equilíbrio perfeito entre o contacto com a cultura visitada, o conforto necessário e a facilidade da própria viagem.
Durante toda a viagem poderá contar com hotéis bem localizados no centro das cidades e perto dos principais monumentos, de forma a facilitar as deslocações previstas no programa. São hotéis que respiram a atmosfera das cidades visitadas, caracterizados pelas marcas culturais de cada povo, de forma a acentuar os contrastes que se podem sentir ao longo desta viagem. Em todo o caso, esta viagem desenrola-se na rua, por isso, conte com muito pouco tempo no hotel. Não são hotéis de cadeias internacionais. São hotéis simples, pequenos e geridos por gente local, onde somos acolhidos por um staff amigável, já familiarizado com os grupos de viagem da Nomad. Todos os quartos têm casa de banho privativa e acesso à internet.
Uma vez que chegamos a algumas cidades logo cedo de manhã, vamos diretamente ao alojamento deixar a bagagem. Nem sempre é possível aceder logo aos quartos, pois podem ainda não estar disponíveis a essa hora.
Uma vez que a ligação ferroviária entre Sófia e Istambul está interrompida e não pode ser assegurada integralmente, embarcamos primeiro num comboio sem camas para as primeiras horas de percurso até à fronteira com a Turquia. Aí, depois do controlo alfandegário, seguimos num autocarro noturno que é disponibilizado pela empresa de caminhos de ferro e que nos leva da fronteira da Bulgária até Istambul. Os autocarros são confortáveis, mas não dispõem de camas.
Nas restantes viagens de comboio que realizamos, durante a noite conte com camas em cabines de 6 passageiros. Os comboios, nesta zona da Europa têm já pouca afluência, por isso, poderá acontecer que possamos acondicionar menos passageiros por cabine. Mesmo assim, as cabines são limpas, dispõem de lençóis, manta e almofada e têm aquecimento. São espaços pequenos que apelarão ao nosso sentido de arrumação e paciência. Nunca se esqueça, o famoso comboio do Expresso do Oriente fazia esta mesma rota e a experiência de dormir a bordo na rota deste mítico comboio faz também parte desta aventura.

Os alojamentos das nossas viagens não têm o luxo de um resort, mas completam a emoção de explorar um país diferente. No final, os nossos viajantes referem-se a eles como parte integrante da sua viagem. Além de proporcionar experiências mais ricas do que nos limitarmos à utilização de hotéis padronizados estamos, assim, a apoiar as economias locais e a contribuir de forma sustentável para o desenvolvimento das regiões que visitamos. Em suma, com as viagens Nomad, não vai para hotéis internacionais de 5 estrelas, mas acredite que as nossas escolhas fazem parte de uma experiência 5 estrelas.

Se pretender chegar a Viena uns dias mais cedo posso reservar convosco o alojamento? E se pretender ficar mais dias em Istambul no fim da viagem?
Se pretender chegar a Viena um ou mais dias antes da data de início da viagem podemos reservar para si noites extra no mesmo alojamento que usamos na viagem. No entanto, isso estará sujeito à disponibilidade do alojamento, pelo que sugerimos que nos faça o pedido assim que saiba as datas da sua viagem. A nossa equipa de atendimento pode prestar-lhe a informação de preço e disponibilidade. Da mesma forma, podemos reservar para si noites extra no mesmo alojamento que usamos em Istambul, no final da viagem.

O grupo viaja todo junto?
Não, o ponto de encontro é sempre no destino. Assim tem a flexibilidade de escolher o horário de voo que mais lhe agradar.

Como é que se faz a reunião do grupo à chegada, uma vez que os voos são marcados de forma individual?
Quer marque o voo por si ou através de nós e independentemente do seu ponto de partida, nós ficaremos com os detalhes de voo de cada participante de modo a podermos passá-los ao Líder Nomad. Assim, ele estará a par do horário de chegada de cada um e estará à sua espera.

Podem reservar-me os voos?
Sim, pode tratar de todos os seus voos com a nossa agência. O voo não está incluído no preço da viagem para que possa ter a flexibilidade de escolher onde quer comprar o voo (atualmente há boas ofertas em motores de busca on-line como o eDreams) e de onde quer partir.

Posso inscrever-me sozinho?
Sim, maior parte dos nossos viajantes viaja sozinho.

Com quem irei partilhar a minha viagem, como são os viajantes Nomad?
Os viajantes Nomad têm todos um grande interesse comum: as viagens. É uma evidência, mas indica imediatamente que são pessoas curiosas, ativas, com gosto por conhecer, explorar e, sobretudo, encontrar uma visão diferente e uma atitude sustentável em relação aos lugares que visitam ou que percorrem. Como de uma característica de espírito se trata, é natural que seja transversal a qualquer faixa etária dos 20 aos 80 anos, e independente dos cargos ou estatutos que se possam ter na vida profissional. São pessoas que procuram a aventura e a descoberta e, por isso, têm uma atitude descontraída face aos imprevistos que possam surgir e preferem o contacto com os costumes locais ao conforto burguês das cadeias internacionais de hotéis ou restaurantes. São, sobretudo, pessoas que se inscrevem a maior parte das vezes de forma individual, e que esperam levar, no fim de cada viagem, a recordação de momentos inesquecíveis entre um grupo de novos amigos.

Itinerário detalhado: 

Dia 1 Chegada a Viena
Ao chegar a Viena, vai encontrar o líder Nomad Mateus Brandão à sua espera no aeroporto para lhe dar as boas vindas a uma cidade cuja riqueza histórica e distinto ambiente não deixam ninguém indiferente. Será o início de uma rota mítica e de uma viagem no tempo.

Alimentação: -

Alojamento: Hotel

Dia 2 Viena e Comboio para Budapeste
Pela manhã, começamos por percorrer as praças e o centro histórico daquela que foi em tempos a capital do grande império austro-húngaro e a beber deste seu ambiente cosmopolita. Espreitamos a mítica ópera de Viena e saboreamos as belas fachadas que enchem as ruas, enquanto o fervilhar da música anima as artérias mais típicas da cidade. Porque não uma pausa para saborear um café de Viena, esquecendo o ritmo a que andam os ponteiros do relógio? Mas não esqueça completamente, porque ao final da tarde embarcamos no primeiro comboio desta aventura rumo a Budapeste, onde temos reencontro marcado com o Danúbio. Algumas horas depois, chegamos ao destino e alojamo-nos em Peste onde encontramos o lado mais movimentado da cidade, de onde partimos na manhã seguinte para as nossas deambulações urbanas.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: Hotel

Dia 3 Budapeste e Comboio Noturno para Belgrado
Dedicamos o dia a visitar a capital da Hungria, que se divide entre Buda e Peste. Esta cidade, mais romântica do que Varsóvia e mais cosmopolita do que Praga está localizada nas margens do grande rio Danúbio. Não vamos perder a oportunidade de conhecer os seus famosos banhos termais, nem os seus encantadores cafés. Traga o "Expresso de Oriente" de Graham Greene e deleite-se com uma tarde numa esplanada da cidade. Esta noite embarcamos noutro comboio, desta feita, rumo a Belgrado.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: Cabine de Comboio

Dia 4 Belgrado
Depois da primeira noite passada no comboio, na expectativa de que não aconteça outro crime no Expresso do Oriente, chegamos a Stari Grad, a zona histórica de Belgrado. Nesta viagem, Belgrado personifica a história recente da Europa. Percorremos as suas ruas e ficamos a conhecer os locais onde aconteceram os bombardeamentos das Nações Unidas e onde os estudantes se revoltaram contra o poder de Milosovic. Na edição de passagem de ano é aqui que vamos celebrar a entrada do novo ano, festejando pelas ruas da cidade onde a animação será constante.

Alimentação: -
Alojamento: Hotel

Dia 5 Belgrado e Comboio Noturno para Sófia
Continuamos a mostrar-lhe a surpreendente Belgrado e deambulamos no tempo entre a Jugoslávia e a Sérvia, numa cidade que divide a sua paixão entre o Danúbio e o Sava. Ao final da tarde, paramos para jantar e despedimo-nos da cidade, para depois regressarmos à rota do Expresso do Oriente e embarcarmos no comboio que nos vai levar a Sófia, na Bulgária.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: Cabine de Comboio

Dia 6 Sófia
Chegamos a Sófia pela manhã, a capital mais alta da Europa e uma das mais antigas. Aproveitamos a bela luz matinal para deambular pelas ruas, para conhecer os cafés e as principais praças. O seu longo passado foi moldando esta cidade de forma especial, com traços ainda visíveis do período otomano a rasgar as feições austeras dos edifícios de influência soviética, que se impõem e nos obrigam a contemplá-los.

Alimentação: -
Alojamento: Hotel

Dia 7 Sófia, Mosteiro de Rila e Viagem Noturna para Istambul
Deixamos o grosso das bagagens em Sófia e partimos para a montanha, para chegar ao Mosteiro de Rila. Pelo caminho, não deixe de apreciar a paisagem, as montanhas, as vilas e aldeias por onde passamos. Já no mosteiro, deixe-se impressionar pelo ambiente monástico e pelas pinturas de indescritível beleza da Igreja da Natividade. E antes do regresso a Sófia, truta grelhada e outros pratos típicos da Bulgária serão servidos para almoço junto ao rio. Ao final do dia, partimos em mais um comboio que nos encaminha para o oriente. Uma vez que a ligação de comboio não está, neste momento, operacional na Turquia, na fronteira trocamos o comboio por um autocarro noturno que nos leva a Istambul, onde chegamos ao início da manhã.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: Comboio/Autocarro

Dia 8 Istambul
Chegamos a Istambul, ou Constantinopla como se chamava nos tempos áureos do Expresso do Oriente, a porta de saída da Europa e de entrada na Ásia. Aqui os universos misturam-se, as pessoas mesclam-se enquanto cruzam o Bósforo e fazem-nos sentir no mundo de Pamuk, que tão bem soube descrever esta complexa cidade. Celebramos a chegada ao final desta rota mítica com um característico e turvo café turco ou com um, também muito aclamado, chá. Ficamos duas noites alojados no coração da cidade.

Alimentação: -
Alojamento: Hotel

Dia 9 Istambul
Istambul vai revelar-se aos nossos olhos como uma celebração. Aqui, onde o ocidente encontra o oriente, deixamo-nos arrastar lentamente na contracorrente do ritmo alucinante de uma das maiores cidades do mundo, enquanto deambulamos pelo mítico Grande Bazar ou pelo Bazar das Especiarias. Entramos na mesquita de Aya Sófia, outrora uma basílica ortodoxa, e não esquecemos os pequenos recantos que tanto nos agradam nesta cidade única.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: Hotel

Dia 10 Istambul e Voo de Regresso
É dia de deixar a cidade e voltar a casa. Se o horário do seu voo o permitir pode ainda dar um último passeio pela cidade antes de rumar ao aeroporto para o voo de regresso.

Alimentação: Pequeno almoço
Alojamento: -

Inclui:
- Alojamento durante todo o programa em hotel, cabine de comboio e autocarro
- Transportes entre as cidades em comboio e autocarro
- Transportes públicos dentro das cidades
- Acompanhamento de líder Nomad durante toda a viagem
- Transferes de aeroporto (dentro das datas do programa)

Exclui:
- Voos internacionais
- Entradas em monumentos
- Alimentação (40€/dia aprox)
- Extras pessoais como bebidas, telefone, etc
- Seguro pessoal

Impacto Cultural > Baixo
Irá visitar culturas e costumes muito semelhantes aos que está habituado. Não terá problemas de adaptação.
Esforço físico > Baixo
Viagens ao alcance de qualquer pessoa.
Zona de Conforto > Alto
Os alojamentos e os transportes serão confortáveis, mas sem desvirtuar o nosso espírito de viagem.

Resumo de Viagem

Duração da viagem: 
10 dias
Alojamento: 
Hotel (6 noites), Cabine de comboio (2 noites), Comboio/ autocarro (1 noite)
Atividades: 
Descoberta Cultural, Percursos de comboio
Inscrições: 

Min: 5       Max: 12

Voos (não incluídos)

Valor indicativo
250€
Ver todas as datas

Testemunho

"Uma viagem notável e singular, que ultrapassou em muito as minhas expectativas" Maria A.

Líder Nomad

Mateus Brandão

Apaixonado pelas grandes viagens de comboio


Ajuda